LVR001SQ_Page_01 - Cópia

NOME: LANTERNAS VERDES: RENASCIMENTO #1

AUTORES: GEOFF JOHNS, SAM HUMPHRIES, ETHAN VAN SCIVER, ED BENES E ROBSON ROCHA

EDITORA ORIGINAL / BRASILEIRA: DC COMICS / PANINI COMICS

NÚMERO DE PÁGINAS: 90

FORMATO: REVISTA MENSAL 

TIPO DE CAPA: COMUM

ANO DE EDIÇÃO: 2017

 

O título da revista vem no plural pois ela traz em seu mix, duas edições protagonizadas pelos novos Lanternas Verdes: Simon Baz e Jessica Cruz; além de Hal Jordan e a Tropa dos Lanternas Verdes.

DC_REBIRTH_LV8

Mas antes de tudo isso, a hq mostra um tipo de prelúdio co-escrito por Geoff Johns, onde Hal Jordan encarrega o casal de calouros de cuidar do domínio terrestre para que ele possa se encarregar de outros assuntos.

Esse prelúdio é bem legal e mostra que Jessica ainda apanha para usar seu anel, enquanto que Simon, se mostra muito convencido de saber como manejar a arma. Os dois possuem um gênio bem forte e isso é muito bem explorado no roteiro quando os dois são colocados em combate contra um inimigo.

Hal chega e revela que aquilo era apenas um teste, mas que os dois falharam. Ele então une as baterias energéticas de ambos e diz que os dois precisarão aprender a trabalhar juntos e terão que dividir a bateria.

Início sensacional, porém as duas histórias que compõe a parte do casal no mix tem um tom meio embolado e as coisas não ficam claras.

Como não li nada do Lanterna Verde nos Novos 52, não sei até que ponto essa falta se mostrou crucial para que a minha experiência de leitura dessa edição fosse melhor.

Na trama, a Terra está sendo invadida pelos Lanternas Vermelhos e enquanto os novos recrutas agem, Simon precisa resolver seus problemas com a justiça.

Boiei total… Realmente não entendi muita coisa, pois como eu disse, não li nada anterior a isso.

A história de Hal Jordan funciona como uma espécie de “de volta ao lar”, onde ele que é o mais querido dos Lanternas Verdes relembra seus antigos companheiros da Tropa, seus inimigos e finaliza com o herói recitando o clássico lema do exército esmeralda.

YRZw2ID

Conheço muito pouco de Lanterna Verde… Acredito que a única coisa que li de fato, tenha sido o encadernado Crepúsculo Esmeralda/Amanhecer dos Deuses (que é excelente), que foi lançado pela Eaglemoss.

Queria ter gostado mais dessa edição para quem sabe poder acompanhar, mas infelizmente não rolou.

 

Vale: 3 brindes

Anúncios