Untitled-1

Não, essa lista não é para nomear os cinco chefes mais toscos, mas sim, aqueles vilões que são verdadeiros filhos da puta e fizeram você, assim como eu, perder a paciência várias vezes.

Vamos a eles:

hqdefaultHeihachi Mishima. é o quinto colocado… Pai de Kazuya Michima e avô de Jin Kazama, Ele é figura presente em todos os games da franquia Tekken e toda a trama que envolve o jogo tem ele como um dos pontos chave.

Utiliza um estilo próprio de karatê, (que tem influência dos estilos Goju-Ryu e Shotokan) fazendo com que seus ataques sejam velozes e muito violentos, onde com um bom uso de combos, causam grande dano ao adversário mais distraído.

hqdefault (1)Geese Howard, chega em quarto lugar… O principal inimigo dos irmãos Terry e Andy Bogard, da franquia de games Fatal Fury, possui um poder enorme e também demonstra muita crueldade contra seus adversários.

Mestre no estilo Daito-ryu, Geese tem nos agarrões e arremessos, seus principais ataques, bem como o uso do poder Hakkokuseiken.

Geese também está presentes em games como Art of Fighting e The King of Fighters. Este último que é uma espécie de crossover entre as franquias.

O bicho é um apelão dos piores e com certeza é um dos piores vilões da história.

Amakusa_ShiroBig_ArtAmakusa Shiro Tokisada, vem na terceira colocação… Chefe dos jogos da franquia Samurai Shodown, a personagem a primeira vista parece uma mulher, mas como em muitos dos jogos da SNK (hoje SNK Playmore), trata-se de um andrógeno. Sendo assim, Amakusa é homem.

Curiosamente, Amakusa é inspirado em um ícone histórico chamado Amakusa Shiro, que liderou uma rebelião religiosa no Japão, durante o século XVII.

O personagem do game é dotado de grande poder que varia de um simples teletransporte até uma sequencia de tapas que pega qualquer adversário de surpresa. Mas seu grande truque está em uma gema de energia, que ele consegue manipular a grandes distancias e seus golpes especiais podem extrair toda a energia do adversário, mesmo que esteja completamente cheia.

bisonM. Bison… O que dizer desse que foi o responsável por muitas bolhas nos dedos e incontáveis perdas de paciência?

Os anos passam, mas ainda assim, Bison é um nome fresco na cabeça de qualquer pessoa que passou a infância jogando Super Street Fighter 2.

Aquele cara de uniforme militar que arrancava sua capa antes do início das lutas e simplesmente dava um cacete nos adversários, combinando saltos com pisões e o indefensável Psycho Power, que tirava energia a rodo e fazia o desespero dominar.

Muita, muita raiva desse cara.

797406-shao_kahnShao Kahn… (silêncio)

O pior, o mais apelão e o maior cretino da história dos games de luta. Pode passar dez, vinte ou trinta anos, que nunca vai haver um chefe tão maldito igual Shao Kahn.

Ele deu as caras pela primeira vez no segundo game da franquia Mortal Kombat e logo mostrou a que veio, fazendo o terror na vida de quem tinha esse game como um dos preferidos.

Mortal Kombat, mesmo nos consoles, usava um sistema de “kreditos”, assim como nos fliperamas e a cada luta perdida, um kredito era descontado, até zerar e aparecer o tão temido Game Over.

Perdi as contas de quantas vezes vi essa frase estampada na tela da TV, quando Shao Kahn dava uma surra em qualquer um dos personagens que eu escolhia. Fosse com combos extremamente violentos ou sua marreta, que arrancava pelo menos metade da energia, ele conseguia tirar até mesmo um monge tibetano do sério.

Em Mortal Kombat (2011), o game voltou às origens e deu uma espécie de reboot para a franquia, apresentando um modo história, onde o jogador podia conhecer mais sobre toda a trama que envolve o game e seus personagens.

Muitas coisas mudaram do MKII (1993) até o lançamento de 2011, mas o que nunca vai mudar é a crueldade, velocidade e brutalidade que Shao Kahn emprega em suas lutas.

O maior de todos.

Anúncios